segunda-feira, 27 de junho de 2011

Culpa de quem?


Estou cansada.
Cansada de ver coisas que não queria ver, ouvir coisas que não queria ouvir e, principalmente, sentir coisas que não queria sentir nunca. Simples. Só cansada...
Hoje foi a verdade que cansou de bater insistentemente na minha porta e pulou a janela. Eu sei que ela sempre esteve lá, mas eu recusava percebê-la. Talvez por achar que enquanto eu a ignorasse, a dor não seria tão grande... E realmente não foi. Mas agora que a ficha caiu, que vi que não posso controlar as coisas ao meu redor, doeu mais que o normal. Estou farta da dor.
É tudo culpa de uma pessoa... Eu queria que ele parasse de se preocupar comigo, que parasse de perguntar onde eu estou e parasse de tentar controlar e investigar a minha vida tentando descobrir o motivo da minha tristeza. Porque dói saber que ele se "preocupa". Só porque as respostas que ele joga na minha cara sempre são a mais pura verdade, por mais que eu também diga algumas verdades... Mas ele não se machuca, pois nunca teve algum sentimento forte por mim, ao contrário dos meus sentimentos por ele.
E mal sabe que o motivo da minha tristeza, das minhas lágrimas derramadas no banheiro da escola ou no meu travesseiro em casa são por causa dele... São porque ele disse que não ia me machucar, mas está me machucando demais; porque me fez uma promessa e agora ela está quase sendo quebrada, se já não foi; porque ele disse "Eu gosto de você" e era mentira... E eu não compreendo porque tenho que passar por tudo isso novamente...
Não preciso de mais palavras de força ou de julgamento. Eu só precisava desabafar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário